Campanha Junho Vermelho visa aumentar o números de doadores de sangue no país

Você sabia que com uma única doação de sangue é possível salvar até quatro vidas? Esse é apenas um dos inúmeros dados que comprovam o quanto essa atitude é importante para uma sociedade. E sabe o que é melhor? A doação é um procedimento rápido e praticamente indolor, ou seja, poucos minutos do seu dia podem dar a chance de uma pessoa se recuperar de um momento delicado pelo qual esteja passando.

E foi pensando nisso tudo que o governo determinou que o mês de junho fosse marcado pela Campanha Junho Vermelho, que visa conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue. Ao longo de todo o mês, são realizadas diversas ações para incentivar as pessoas a se tornarem doadoras.

Quem pode doar sangue?

Se você tem interesse em se tornar um doador de sangue, o primeiro passo é procurar um hemocentro e passar pela triagem inicial. Nesse momento, um profissional da saúde fará uma pequena entrevista com você, a fim de levantar o seu histórico médico e constatar se você está em boas condições de saúde para a doação ser realizada.

Existe uma série de fatores que pode impedir a doação (como histórico de hepatite após os 11 anos e diagnóstico de alguma infecção sexualmente transmissível), contudo, de uma maneira geral, se você tiver entre 18 e 69 anos de idade e pesar pelo menos 50kg, as chances de poder ser um doador são grandes.

Quer saber quem está apto para a doação ou não? Confira todos os requisitos necessários aqui! Se você se enquadra entre as pessoas que podem ser doadoras de sangue, faça sua parte. A esperança de alguém corre nas suas veias!

Mais artigos

Exclusivo para vendas