Dia Nacional do Teste do Pezinho: tudo o que você precisa saber sobre esse exame!
teste do pezinho

Sabia que em todo 6 junho é celebrado o Dia Nacional do Teste do Pezinho? A ideia da data é ressaltar a importância desse exame e informar a população sobre a finalidade de realizá-lo. E você, sabe por que o teste do pezinho deve ser feito?

O que é o teste do pezinho?

De uma forma simples, podemos dizer que o teste do pezinho consiste em uma coleta de sangue do calcanhar dos recém-nascidos para detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e infecciosas. Recentemente, foi sancionada a Lei nº 14.154, que amplia de seis para aproximadamente 50 diagnósticos possíveis com a realização desse exame, dentre os quais se destacam problemas como Hipotireoidismo Congênito, Doença Falciforme, Aminoacidopatias, Fibrose Cística, Hiperplasia Adrenal Congênita e Deficiência de Biotinidase.

Como fazer o teste do pezinho?

De acordo com informações do Governo, o exame é obrigatório e pode ser realizado em unidades de saúde e maternidades de todo o país de forma gratuita, desde a triagem e a confirmação até o diagnóstico e o tratamento. O ideal é que ele seja feito a partir de 48 horas até o quinto dia de vida do bebê.

Caso o resultado do exame demonstre a existência de alguma das doenças detectáveis, o Serviço de Referência em Triagem Neonatal entra em contato com a família para agendar a realização de novos exames. 

Tudo isso significa que o teste do pezinho é um grande aliado da medicina preventiva, ajudando no diagnóstico e no tratamento de doenças em suas fases iniciais. Não deixe de realizar esse exame no seu bebê, pois ele pode preservar a saúde dos pequenos. 

Mais artigos

Exclusivo para vendas